Receba postagens também por email.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Cultura e alimentação

Área de Conhecimento: Diversidade Cultural

Periodicidade: 1º semestre de 2010.

Justificativa: A escolha pelo tema alimentação dentro da proposta geral do projeto se deu em razão de observar (em momento do recreio ou roda de conversa sobre o que comem) o quanto as crianças se alimentam mal. Assim, comparar estilos diferentes de alimentação (indígena e a nossa) e tentar compreender o porque disto acontecer, além de acrescentar conhecimentos teóricos poderá contribuir para novas escolhas dos alunos com relação à sua alimentação.



Objetivos:

Conhecer e valorizar a cultura indígena.

Reconhecer contribuições da cultura indígena presentes na nossa sociedade.

Conhecer os costumes alimentares indígenas estabelecendo uma comparação com os hábitos alimentares das nossas crianças.

Conhecer a importância das lendas para a cultura indígena.


Conteúdos:

Alimentação;

Lendas;


Etapas Previstas:

Assistir ao filme Tainá 1;

Promover uma roda de conversa para falar sobre o filme e o que as crianças sabem sobre índios;

Preparar coletivamente uma lista de observações do filme com relação à cultura indígena (ex: gosta e protege a natureza, pinta o rosto, não usa roupas ou usa poucas roupas, etc);

Assistir ao filme Tainá 2;

Levantar aspectos do novo filme – qual assunto principal da trama? Retomar novas características que possam aparecer neste com relação à cultura indígena e, se precisar, acrescentá-las à lista já elaborada;

Explicar às crianças sobre o foco do nosso projeto – tema: alimentação e lançar a pergunta: O QUE COMEM OS ÍNDIOS? Anotar hipóteses dos alunos;

Fazer uma pesquisa com a turma: Qual seu alimento preferido?

Montar um gráfico com os resultados;

Pesquisar sobre a alimentação indígena e trazer dados e imagens às crianças. Salientar a base alimentar de cada cultura – seja ela qual for – com relação à disponibilidade que se tem (ex: a base alimentar indígena está diretamente relacionada ao tipo de alimento que têm disponível na mata assim como a nossa também);

Conversar com as crianças sobre os benefícios dos alimentos e danos que alimentos ruins podem causar (ex: excesso de doces ou massas, não se alimentar corretamente, etc)

Trazer as lendas da mandioca e do milho (tão presentes na alimentação indígena) e falar sobre a importância deles nesta alimentação;

Preparar com as crianças um bolo de milho para degustação (falar da receita – enquanto gênero textual);



SUGESTÃO DE PRODUTO FINAL PARA A MOSTRA: elaboração de um painel informativo com as várias descobertas coletadas pelas turmas em seus temas sobre índios.





Nenhum comentário:

Postar um comentário